A moradora Dulcinéia, do bairro Estação, está usando a criatividade a seu favor, para não ficar sem água nos dias de rodízio. Ela comprou dois tambores, de 250 litros cada, onde armazena a água que sai da máquina de lavar, e a aproveita para lavar as calçadas e, se precisar, também pode ser usada na descarga do banheiro. É uma solução simples, que não custa muito caro, e que tem ajudado a dona de casa a realizar várias tarefas domésticas, ao mesmo tempo em que economiza água nesse período crítico de estiagem.

“Primeiro comprei um tambor, paguei R$ 90,00. Quando percebi que estava sendo muito útil, fui lá e comprei mais um, e tem sido uma beleza. Com duas lavadas na máquina, eu encho o tambor. Recomendo para todo mundo. Não dá pra ficar só reclamando que está sem água, precisamos achar soluções”, orienta.

Texto: Maurenn Bernardo

Foto: divulgação

Publicado na edição 1213 – 21/05/2020