Início / Colunas / Isidorio Duppa / Na hora da morte

Na hora da morte


Non sei proqué, duns dia pra cá iéu anda recebendo visita dos parente, tudo dando uma de simpático, se achegando tudo feliz e querendo fazer tudo por iéu. Minha Irmã Victa se achegando com o cunhado trazendo broa fresca ainda quentinha do forno, falando que sabendo que sempre se alembrando de iéu quando fazendo broa e se alembrando dos tempo que nois sendo criança que robava broa da Babka pra comer no mato com mantega de casa, ficando pro café e quando indo embora dando aperto de mon bem caprichado e pedindo pra nunca isquecer dela, nem bem saindo se achegando Mietcho, meu irmon mais véio com garafa de cinzano na mon e dizendo que vindo comemorar com iéu, comemorar o que? Iéu perguntando e Mietcho dizendo que comemorar a nossa amizade, iéu non entendendo muito esta história proque iéu e Mietcho nunca se biquemo direito, talvéis por iéle ser irmon mais véio judiava de nóis desde criança, jogava nóis nas bosta de vaca e depois dizia pra Matka que nóis que se rolava no pasto, Matka mandava ripada na bunda e dechava de castigo proque só acreditava nos mais véio. Tomemo uns gole e Mietcho saiéu bantendo nas costa dizendo pra nunca se isquecer dele. Nem bem Mietcho saiéndo se achegando junto Iatuz e Iadia mais dois irmon, parecendo que marcaron encontro no porton, Iatuz trazendo umas duas garafa de cerveja de casa e Iadia com forma de kuque ainda saindo fumaça, se sentemo na cozinha e Iantuz falando que estando com uns dia de folga e se iéu percizando dele pra consertar cerca, capinar mato, arancar batatinha, ou qualquer outra coisa, iéle podendo passar uns dia na roça e Iadia cortando Kuque também falando que iéla tabém estando a disposiçón pra cuzinhar pirogue do jeito que Babka sabendo proque sendo iéla a única neta que cupiando receita e mandando traduzir do polaco. Fiquemo conversando e se alembrando dos tempo de escola e dando risada porque Iadia lembrando história de quando perfessora preguntô pra iéu na aula de religión porque muiér sendo feita de costela e iéu respondendo que se fosse feito de picanha só rico que comendo. Iantuz pedindo disculpa proque acusando iéu quando discubriron que jara de chopp no casamento da Iadia tava cheia de mijo e iéu acabando levando sova do Pai que nem podendo sentar por três méis e que sendo iéle que mijando. Iadia dando bejo nas minha buchecha e Iantuz abraço forte, foron embora dizendo pra iéu nunca se isquecer deles. Desgracéra Mésmo!!! Que anda acontecendo? Iéles nunca aparecendo na roça e só num dia viéron tudo? Nisso de achegando Flortcha, irman caçula que morando comigo com um sorisón na cara e preguntando se recebendo visita dos parente, iéu contando que tudo iéles vieron, enton Flortcha dando risada dizendo que fazendo teste de polaquice, mais como? Enton iéla dizendo que espalhando pra tudo mundo que iéu estando com câncer e quando alguém vai dexar mundo dos vivo, os vivo vem corendo pra ser lembrado despois da morte nos papel de herança. Iéu caiéu assustado, iéu estando mesmo com câncer? Flortcha dando risada dizendo que se iéu nascendo no méis de julho iéu tendo câncer de signo.

Publicado na edição 1187 – 31/10/2019

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*