Início / Colunas / Waldiclei Barboza / Não tem como dar certo!

Não tem como dar certo!


Existem pessoas que moram em Araucária por falta de opção. Eu, moro em Araucária porque gosto daqui. Mas, confesso, certas coisas que acontecem nesta cidade me dão uma vontade desesperada de arrumar minhas trouxas e ir embora.

Calma, não se animem, esta vontade passa em alguns segundos, então daqui não saio daqui ninguém me tira. Amar viver em Araucária, no entanto, não me impede de constatar que esta cidade não tem como dar certo. Não, sendo gerida da maneira temerária dos últimos vinte, trinta anos.

Afinal, como esse Município pode dar certo com milhões sendo gastos em ações de governo que não se justificam, que não darão retorno a coletividade em médio, longo prazo. Que não resultarão numa nova geração de araucarienses mais preparada para encarar os desafios que o mundo atual impõe.

Digam, pelo amor de Deus, como esta cidade pode dar certo se nem em tempos de finanças apertadas como agora, conseguimos gerir de maneira responsável nossos recursos. Sim, porque manter uma única linha de ônibus como a Tupy-Pinheirinho ao custo de R$ 10, R$ 15 milhões não é gestão responsável. Manter um quadro de mais de cinco mil funcionários sem qualquer tipo de controle de frequência é irresponsabilidade. Não exigir desses servidores um mínimo de resultados que possam ser medidos de maneira objetiva é jogar o dinheiro público no lixo. Pagar altos salários para cargos em comissão sem exigir deles um mínimo de qualificação é outro sacrilégio. Não acabar com a safadeza do dia sem vínculo de professores então, nem se fala. Manter dezenas de imóveis locados, vários deles sem a mínima necessidade é outro crime. Do mesmo modo, ter uma Câmara com onze vereadores e praticamente cem cargos em comissão também é um disparate. Maior disparate ainda é a constatação de que temos um Poder Legislativo que custa R$ 32 milhões ao ano, o que faz dos nossos edis – talvez – os mais caros do país.

Enfim, enquanto não encararmos esses problemas, enquanto não reconhecermos que é preciso cortar na própria carne, que o dinheiro público não foi feito para enriquecer alguns poucos empresários, políticos e funcionários, esta cidade não tem como dar certo. Nem adianta tentarmos!
Comentários são bem vindos em www.opopularpr.com.br. Até uma próxima.

30 comments

  1. Assino embaixo!!!

  2. Mas não generalize os servidores. Existe gente que tem vontade de trabalhar (poucos, mas existem)… O que existe é um exagero de diretorias, diretores-gerais pra tudo, secretários etc… Falo por conhecer mesmo! Pra que um departamento pra cuidar de IPTU e outro só de ISS? O que justifica isso? E o diretor-geral de Finanças, é de enfeite? Ou o secretário que é?

  3. Da mesma forma é fácil criticar o dia sem vínculo dos professores, mas ter a mesma ênfase de criticar a grana gasta com a publicidade que é um absurdo não fez, seu texto é muito bom mas fico com a impressão que nele você cobriu a cabeça (em não falar sobre a grana jogada fora em publicidade) e descobriu os pés criticando os professores. Desencanta Waldiclei Barboza, está crítica mais parece estratégia da SMCO. Texto perfeito mas podia ser melhor se tivesse mencionado o disparate com a publicidade, ou tentou e o Jornal Popular pediu e você cortou… Reafirmo, seu texto é muito bom, mas podia ter sido perfeito, se tivesse imparcialidade.

  4. Fiz uma conta, os 54% pagos aos funcionarios dividido por 13 meses é igual a X.Colocando esse X para 51% cheguei a conta de q precisamos economizar 2 milhoes por mes para chegarmos ao limite da folha.
    Outra conta,2 milhoes dividido por 4mil(media do salario dos ccs) dá 500 e nao temos 500 ccs.Entao a solução é mandar todos os ccs embora e ainda nao fecha.Aonde chegamos governates do passado que souberam so empurrar as coisas com a barriga

  5. Engraçado que tudo o que ele diz e a musica do prefeito.

    Será que ele disfarçadamente defende o prefeito?

    Defende toda a mentira que o prefeito fala?

    Defende toda a corrupção montada na prefeitura onde ha vários ccs que se esbanjam na farra do dinheiro publico?

  6. Pois é tem q mandar todos os ccs embora ,dai contratar apenas uns 50 e tambem mandar todos os aposentados embora,nao sei se pode,era 65 agora querem ficar ate 70.Porque tem uns que acham que a vida é so pma,tem q falar pra eles q ha vida fora da prefeitura.Clts vao pra casa,ccs de vereadores e nada tecnicos vao catar coquinho e deixem a vaga para tecnicos,aptos e concursados q veem com pique e nao voces q so ficam matando tempo.

  7. é esse o prefeito que vc parece defender meu caro Waldiclei

  8. Trabalhei em Araucaria por falta de opção. Nunca mais quero pisar nessa cidade. Só puxa saco se dá bem nessa prefeitura.

    • Cuspindo no prato que comeu?Agora q araucaria precisa de ajuda os ratos abandonam o barco e mais ficam criticando e falando mau.Bem tipico de viuvas do seu ze nao fizeram nada nesses ultimos anos e ainda se aposentam e vao gastar em outro municipio,nao sei se é teu caso mas as viuvas do homem sao assim

      • Passei em um concurso muito melhor, amigo. Lutei, estudei e não fiquei puxando saco de ninguém pra subir nessa prefeitura que nunca valorizou a gente. Nunca morei em Araucária, não devo nada pra essa cidade. Passei em um concurso achando que era uma coisa, era outra bem diferente… A Prefeitura que não valorizou quem era bom. Vá lá ver, todos os bons saíram, só vão ficando as tralhas.

        • Muita gente ta vestindo a carapusa,nao dei nome,nem função,enm se é cc ou concursado mas muitos se ofenderam,sei la

        • Eu tbem passei num concurso muito melhor mas preferi ficar aqui.Para nao perder tempo e nem se estressar muito com transito,ficar perto de casa e nao acorsar muito e por ai.Zen ne, o diheiro nao é tudo!

  9. Concordo. Ainda trabalho nessa PMA, mas estou doida para sair. Aqui só vai pra frente quem é puxa saco. Meu diretor é uma anta, e é diretor de departamento…

  10. Não fale o que você não sabe! Vai cobrar “fidelidade” dos comissionados e nomeados que trabalham lá. Servidor concursado se ferra e tem que assistir puxa saco se dando bem naquela Prefeitura!!!

  11. Hahahahahahaha… “os ratos abandonam o barco”… E os comissionados estão lá por amor a Araucária, né? Tem secretário que nem na cidade mora… Piada, né?

  12. Ihhhhh… Esse aí deve ser um dos puxa-sacos… A situação dos servidores concursados não tem nada a ver com Zezé ou Olizandro. Estamos desvalorizados desde a outra gestão, puxa-saco. Fez bem o amigo aí, que passou em outro concurso. Espero que eu possa passar também!!!

    • Tem tudo a ver com esses 2 ai!Alias muito mais esse ze megacred mais vereadores.Todos esses acabaram com araucaria.Nos ultimos 30 anos prefeito q valeu alguma coisa so os 2 eres,um na decada de 80 e outro no final do milenio e seculo.

      • Falei que não tem nada a ver pois não é um ou outro que não valoriza os servidores concursados. Ambos são negligentes quanto a esses e só se preocupam com os comissionados.

  13. Sei sim cc,concursado vejo muitos nem lixo reciclam alguns ate realizam maus tratos em animais e la na pma nossa como tomam cafezinho e tudo em copinho plastico e tudo em lixo misturado.E as marmitas?Qta comida jogada fora q vai pro lixo.É isso q algum contribuem por araucaria e pra sociedade,pois é aqui ta sobrando agua mesmo ne.Nao so os direitos mas e os deveres,cade a cidadania?Algum falam passei em concurso e dai?E dai da direito de agir dessa forma frouxa?O politico corrupto tbem passou em concurso(eleição) e se acha no direito de roubar so porque esta la de uma forma legal

    • Não entendi nada dos seus argumentos. O que tem uma coisa a ver com a outra? Só veio a confirmar o que falei que lá na PMA só estão ficando as tralhas, os bons estão todos passando em outros concursos…

      • cidadania meu velho,isso é cidadania!Mesmo pma q deveria dar o ex nao o fazem.Nao é so correr atras dos direitos é exercer cidadania cumprindo com deveres tambem,nao so na sua função,pois lixo ou dar descarga nao é a função do cargo porem todo cidadao

  14. Araucária está abandonada. Não vejo futuro pra essa cidade com o povo que está no comando… Que maior declaração de incompetência do que uma Secretaria de Finanças que não consegue arrecadar com o tanto de industria que o município tem?!?!

  15. Bom, posso falar por mim e pelos quais eu trabalhei. Existem servidores bons e com boa vontade nessa PMA, São poucos, mas existem. Só que acabam totalmente desmotivados pelos mais velhos, pelos comissionados e pelo exemplo dos puxa-sacos que se dão bem na carreira. Progressão na carreira não existe se não for puxa-saco, conseguir um cargo melhor então, nem pensar. E ainda tem que ouvir o povo generalizando igual vocês estão fazendo. Sabe o que então? Que vá a merda esse lugar, ponto final.

  16. Polêmica essa coluna, hein???

  17. Os bons servidores estao desanimando sim.
    Só os puxa sacos se dão bem, e são os mais incompetentes.
    Estou cansado de ver tantos diretores de departamento incompetentes.
    Já estão lá ha quase 3 anos e ainda nao aprenderam a trabalhar.
    INCOMPETENTES

  18. Pelo amor de Deus! o individuo diz que passou em outro concurso, fala mal da cidade e da prefeitura e se acha o máximo com isso. Se tivesse tanta competência como ele fala, seria mais bem educado e não estaria aqui enchendo saco dos atuais funcionários.
    Seja feliz o individuo!.. se realmente ha bom motivos para isso.

  19. MAURÍCIO DA SILVA

    Araucária não tem como dar certo, porque o pensamento médio de todo cidadão, a começar pelo jornalista que escreve o artigo, gira em torno da Administração Municipal. Tome Campo Largo como exemplo, o Município arrecada 5 vezes menos do que Araucária e é uma cidade muito melhor. Empresas locais fortes, de repercussão nacional (Vinhos Campo Largo, Móveis Campo Largo, INCEPA, entre outros) bons restaurantes, bons hotéis, boas boates, gente da terra preocupada em fazer a cidade crescer. Ninguém está preocupado se fulano é CC ou DD ou XX, enfim, a cidade não gira em torno da Prefeitura. Em Araucária tudo gira em torno da Administração Municipal, como se a cidade fosse uma potência porque arrecada bastante. Com um parque industrial fantástico e uma capacidade de atrair investimentos privados, as análises de todos, inclusive daqueles mais intelectualizados, sempre acaba remontando à Prefeitura Municipal. Lamentável!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*