Início / Colunas / Notas Políticas / Notas Políticas – Edição 1182

Notas Políticas – Edição 1182


  • Acha

A manutenção do vereador Francisco Carlos Cabrini (PP) no cargo de vereador evidenciou o racha que existe no PSL de Araucária. Na sexta-feira, 20 de setembro, durante a sessão de julgamento do pedido de cassação do pepista, que foi feita pelo próprio PSL, os vereadores Alexandre Jacinto, o Xandão, e Celso Nicácio bateram boca em plenário, numa discussão cuja envergadura vocabular foi digna de uma briga de boteco.

  • Expulsão

Como se sabe, Nicácio foi um dos que mais trabalhou nos bastidores para livrar Cabrini da cassação. Xandão, por sua vez, atuou firme em sentido contrário. Este último, inclusive, conseguiu fazer com que o comando do PSL conseguisse aprovar na véspera da votação uma orientação para que os vereadores do partido votassem pelo despejo de Cabrini do mandato. A orientação, porém, foi solenemente ignorada por Nicácio. Agora, como consequência, a direção do PSL o ameaça de expulsão.

  • Fica

Se o PSL vai levar adiante o processo de expulsão de Nicácio não se sabe. Porém, caso isso seja efetivado, a medida não deve afetar o mandato do edil. Isso porque a Justiça Eleitoral tem entendido, em casos análogos, que o político permanece com o cargo quando é expulso por sua legenda.

  • Definidos

A Comissão de Inquérito aberta pela Câmara para investigar eventuais irregularidades no contrato de gestão entre o Município e o INVISA para gestão do Hospital Municipal de Araucária (HMA) escolheu na última quinta-feira, 19 de setembro, quem é quem no grupo. A presidência da CPI ficou com o vereador Elias Almeida (Cidadania). A relatoria com a vereadora Tatiana Nogueira (PSDB).

  • Trabalhos

Agora que as posições no tabuleiro foram definidas, a comissão deve estabelecer um regulamento interno para execução dos trabalhos. Após isso, inicia-se a fase propriamente dita de requisição de documentos e coisas do gênero. Pelo menos em tese, antes de qualquer solicitação de material ser feita, a comissão precisa se reunir e aprovar tal diligência.

  • Partidos

Já é possível ver uma acelerada na busca de acomodações partidárias visando as eleições de 2020. Potenciais candidatos a cargos no Legislativo e Executivo começam a aumentar as conversas para ver em quais legendas irão se acomodar para disputar o pleito. O prazo limite para essa acomodação final é início de abril.

  • MDB?

Nos últimos dias, por exemplo, acentuaram-se os comentários de que Leandro Andrade Preto, o Leandro da Academia, que atualmente está no PV, poderia desembarcar no MDB, atualmente presidido por Hino Dirlei em terras araucarienses. A transferência, porém, não é confirmada pelos atores envolvidos.

  • Saiu

O prefeito Hissam Hussein Dehaini (Cidadania) decidiu mexer na diretoria geral da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA). Renata Botogoski deixou o posto no início desta semana. Sua substituta ainda não foi anunciada.

  • Prestação de contas

Falando em saúde, a pasta realiza nesta sexta-feira, 27 de setembro, a partir das 10h, no plenário da Câmara de Vereadores, sua tradicional e obrigatória audiência de prestação de contas. Na oportunidade, todos os departamentos da Secretaria apresentarão relatório das atividades que desenvolveram ao longo do segundo quadrimestre deste ano. O encontro é aberto ao público e é uma ótima oportunidade para que os usuários das unidades de saúde saibam para onde está indo o dinheiro investido no setor.

  • À tarde

Também na sexta-feira, só que a partir das 14h, acontece outra audiência pública: a de prestação de contas da Prefeitura e da Câmara relativas aos meses de maio, junho, julho e agosto deste ano. A apresentação também será realizada no plenário da Câmara e é aberta ao público.

  • Concussão

Mais uma das audiências da fase de instrução e julgamento daqueles processos propostos pelo Ministério Público contra ex-vereadores e alguns de seus assessores em razão da acusação de apropriação indevida de parte dos salários de comissionados entre os anos de 2013 e 2016 foi realizada pela Vara Criminal de Araucária na última terça-feira, 24 de setembro. Desta vez o ato foi referente a ação penal em que são réus Alex Nogueira, Angelo Ribeiro, o Belém, e Ben Hur Custódio de Oliveira.

  • Concluída

Ao que se sabe, a fase de instrução deste processo foi encerrada, tanto é que foi autorizado pela magistrada que conduz o caso, Débora Cassiano Redmond, que Ben Hur e Belém deixassem de ser monitorados eletronicamente.

  • De volta?

Com a fase de instrução concluída, a defesa de Ben Hur deve solicitar ao Juízo que ele retorne ao exercício do mandato. Isto porque, na decisão que recebeu a denúncia, o edil foi afastado do cargo como forma de preservar o andamento do processo. Como agora, em tese, o que se chama de instrução processual já foi finalizada, não haveria mais motivos para que Ben Hur não retornasse à Câmara enquanto aguarda que a sentença seja proferida. Obviamente, esse retorno ao cargo não é algo garantido, mas a defesa do parlamentar está confiante. Vamos aguardar.

  • 1º de outubro

O Governo do Estado decidiu fechar, em todo o Paraná, 20 agências físicas da Receita Estadual. Entre as afetadas está a unidade de Araucária, que fica na Avenida Victor do Amaral. O encerramento das atividades vale a partir de 1º de outubro. De acordo com a Secretaria de Estado da Fazenda (SEFA), as agências fechadas foram escolhidas dentre aquelas que possuíam o menor movimento “físico” de contribuintes. Ainda conforme a SEFA, atualmente todos os serviços oferecidos nesses espaços estão disponíveis no portal do Órgão na internet.

  • ICMS

Falando em Fazenda, já estão disponíveis os dados com relação às transferências das cotas de ICMS pelo Governo do Estado a Araucária ao longo do mês de setembro. A Prefeitura recebeu R$ 27,7 milhões do imposto. No mesmo período do ano passado a cidade recebeu R$ 29,2 milhões. Ou seja, queda de R$ 1,5 milhão quando comparados setembro de 2019 e setembro de 2018.

  • Derrubou

A Câmara derrubou na sessão plenária desta terça-feira, 24 de setembro, o veto feito pelo Executivo municipal à lei que instituía na cidade a certificação “Empresa Verde”, dado àqueles estabelecimentos que realizassem coleta seletiva. No entendimento da Procuradoria Geral do Município (PGM), a lei deveria ser vetada porque padecia de vício de iniciativa. No entendimento dos vereadores, porém, o instrumento era apenas autorizativo. Logo, não havia razões para o veto, que foi derrubado por unanimidade.

  • Corrigiu

Falando em sessão, o vereador Aparecido Ramos (PDT) corrigiu um comentário que havia feito na plenária da semana anterior. Na oportunidade ele havia dito que viu guardas municipais utilizando um radar móvel para multar motoristas na Avenida Manoel Ribas. Como a GM não utiliza esses equipamentos, a declaração soou estranha. Nesta terça, porém, Aparecido explicou que se confundiu. Não eram guardas municipais operando o “cavalete” (como ele chama o radar) e sim agentes de trânsito.

  • A propósito

Falando em correção, O Popular também comeu bola em sua última edição. Na matéria sobre as emendas coletivas propostas pelos vereadores à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) esquecemos de mencionar que Aparecido também as subscreveu. O único edil que ficou de fora mesmo foi Elias Almeida.

  • Equipamentos

A Secretaria de Educação acaba de entregar a vários centros municipais de educação infantil e escolas municipais quase 500 eletroeletrônicos adquiridos recentemente por meio de uma licitação. São freezers, televisores, refrigeradores, lavadoras de roupas, fogões industriais, 36 aparelhos micro-ondas, liquidificadores, bebedouros refrigerados, ventiladores, multiprocessadores de alimentos, batedeiras, aparelhos para reprodução de DVDs, fornos elétricos e enceradeiras industriais. De acordo com a SMED, os equipamentos já foram entregues e já estão beneficiando a comunidade escolar.

Homenagem merecida

Terezinha de Souza Poly recebeu na última sexta-feira, 20 de setembro, uma moção de aplausos da Câmara pelo trabalho voluntário de preservação e divulgação da história do Município. Terezinha, para quem não sabe, é a mantenedora da página no Facebook “Araucária uma cidade uma saudade”, dedicada a postagens nostálgicas da Cidade Símbolo do Paraná.

Terezinha é funcionária aposentada da Prefeitura e criou a fanpage em 2015. Começou fazendo postagens de fotos encaminhadas por amigos e conhecidos. A primeira delas foi uma imagem de crianças brincando na famosa cascatinha do Bini, ainda quando as águas que lá corriam eram limpas. Com o passar do tempo, mais foram chegando e ela começou a intensificar suas pesquisas, contando – inclusive – com o apoio do material do Arquivo Histórico Archelau de Almeida Torres.

A página hoje tem mais de dez mil seguidores e sempre que publica uma imagem, devidamente acompanhada de um breve relato do fato retratado, a interação com os usuários é instantânea, seja com reações ou mesmo comentários de pessoas que vivenciaram aquele momento histórico de nossa Gentil Tindiquera.

A homenagem ao trabalho de Terezinha Poly foi proposta pelo vereador Fábio Alceu Fernandes e foi apoiada pela unanimidade dos vereadores.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*