Início / Notícias / Geral / Novas unidades educacionais municipais de Araucária estão quase prontas

Novas unidades educacionais municipais de Araucária estão quase prontas


A Prefeitura de Araucária tem focado no aumento de número de vagas em escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). No âmbito escolar, segundo dados da Secretaria Municipal de Educação, só neste ano já foi entregue a Escola Municipal Prof. Arlindo Druszcz (no Jardim Arvoredo), a Escola Ambrósio Iantas (no Capela Velha) e os acabamentos da Escola Pedro Biscaia (no Campina da Barra) estão em fase final, precisando ainda passar pela demolição da estrutura antiga e construção da quadra poliesportiva. As duas entregas estão previstas para o final de 2020.

Na Educação Infantil, entre reformas, ampliações e construções, 22 unidades educacionais foram contempladas com obras recentemente. Ainda de acordo com a SMED, são 13 novos CMEIs, responsáveis por 2600 novas vagas, sendo que 5 já foram entregues e iniciaram as atividades: Norma Von Berneck, Jihadi, Tereza De Benguela, Célia Bialeski, Veronica/Marcelino.

O CMEI São Francisco, que é o mais antigo do município, precisava de uma atenção especial. No Tupy, a comunidade cresceu e o espaço do CMEI se tornou pequeno. No Tietê, região rural, os moradores também tiveram suas solicitações atendidas. Além do novo CMEI em construção, os acessos viários estão mais iluminados .

O CMEI Dona Rosa está na fase de acabamento final da obra. Faltam apenas detalhes como retoques em pintura e limpeza final da obra. Os CMEI’s Tupy, Tietê São Francisco estão ainda em fase de construção propriamente dita. O CMEI Tereza de Benguela (Arvoredo) está concluído desde fevereiro, no terreno ao lado fica a Escola Municipal Prof. Arlindo Druszcz. Essas duas unidades formaram um complexo educacional em uma região extremamente carente da cidade.

Cristiane Fernandes, trabalhava em mercado e agora com o filho no CMEI pretende voltar para a antiga profissão. O filho, Matheus, de 1 ano e 4 meses, está matriculado no CMEI Tereza de Benguela para passar o dia todo, a três quadras de casa. Quando a outra filha, Mariana, ainda era bebê, a mãe precisava empurrar o carrinho a pé até o CMEI mais próximo, que fica no Industrial. 

“Andando levava uns 40 minutos. Era pesado, mas era necessário, podia ir trabalhar tranquila. Elas tratam meus filhos como se fossem delas. A Mariana já está no período escolar, só que está matriculada em outro bairro, vou tentar transferir ela para a nova escola do Arvoredo. Um prédio fica do lado do outro, facilitaria para mim”, relata. Cristiane ainda reparou na estrutura dos dois prédios, que em sua opinião, ficaram alegres e aconchegantes.

As novas Escolas

1. Arlindo Jardim Arvoredo (entregue)
2. Pedro Biscaia (finalizando)
3. Ambrósio (finalizando)

CMEIs já entregues 

1 Capinzal  
2 Gilca – reforma total com adaptação para CMEI
3 Maria Izabel – Esperança 
4 Novo CMEI Jihadi – Costa e Silva
5 Novo CMEI Tereza de Benguela – Arvoredo 
6 Novo CMEI Professora Celia Bialeski – Hermon 
7 Novo CMEI Norma von Berneck-   Ambrósio 
8 Novo CMEI Veronica 
Bohaemko Daneliu/ Marcelino (fazendo matrícula)
9 Ampliação CMEI Maranhão 
10 Ampliação CMEI Plínio 
11 Ampliação CMEI Jardim do Conhecimento 
12 Ampliação CMEI Santa Clara

CMEIs em obras

13 Novo CMEI Veronica Panek Hass/Dona Rosa (fazendo matrícula)
14 Novo CMEI Bronilda/Moteleski  (finalizando)
15 Novo CMEI Condor Shangai 
16 Novo CMEI Tupy (entrega prevista 2021)
17 Novo CMEI Filomena Resner/ Tietê (entrega prevista 2021)
18 Novo CMEI São Francisco (entrega prevista 2021)
19 Ampliação CMEI Cachoeira 
20 Ampliação CMEI Califórnia

Texto: Agência de Notícias do Paraná

Foto: Carlos Poly

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*