Home / Colunas / Isidorio Duppa / O retiro

O retiro



Se achegarón no porton uns camarada tudo vistido com um terninho preto e com calça de caçar ran no banhado, aparecendo as canela, uns livro preto na mon que só despois iéu vendo que sendo as bíblia, já forom me chamando de irmon, iéu pensando, será que meu pai sendo mesmo aquele safado sem vergonha que os antigo falando, que espaiando fio por toda region? Enton o mais veio dos camarada foi dizendo que iéle sendo Pastor na Igreja Déus é Lucro e que estando com poblema que iéu podendo ajudar na graça de Deus, os outro responderon, Aleluia Irmon! Iéu pensando que iéles querendo que iéu fazendo um xou pra iéles, já que fazendo graça a vida intera e pelo jeiton iéles ainda querendo que iéu fazendo xou de graça que Deus pagando. Enton um deles abrindo bíblia dizendo palavra santa, Ananias trinta cinco versico desasséis, Serás enviado para os céus todo aquele que pregar a palavra do Senhor aos efésios, abrindo seu coraçón sem pedir oro ou prata pela sua sabedoria. Iéu non entendendo muita coisa, primero que iéu non sendo enviado, iéu sendo solteron mais sendo muito macho, despois como que iéu indo pregar a palavra se nem tendo muito prego em casa e ainda, estes efésios devendo ser tudo uns pilantra que iéu non conhecendo, oro só tendo na corentinha do batismo e prata no relógio de bolso do falicido didek, enton preguntando que iéles querendo de iéu. Enton o tal Pastor explicando que iéles percurando um lugar pra fazer um retiro, iéu falando que de iéu iéles non von é retirar nada, nem oro nem prata. Enton continuando conversa dizendo que retiro sendo um momento de oraçón que os fiel da igreja fazéndo pra se aprofundar nos estudo bíblico e orar em agradecimento a Deus e purificar as alma dos pecado pecaminoso dos home. E como que iéu podendo ajudar? Pastor enton dizendo que porpriedade de iéu sendo a escolhida por Déus para abrigar os fieis neste momento de refequiçón e que será deramado as bençón divina para que a produtividade aumente, para que a criaçón se multiplique, para que o trabalho seje louvado e abençoado, os outro camarada responderon: Aleluia! Enton preguntando pra iéu se iéu querendo receber os fiéis pra um dia de graça, iéu preguntando quanto custando, iéles dizendo, non custando nada, sendo uma obra de Deus e que non saindo um centavo do bolso, só percisando abrir aos portons para a comunidade de fiéis. Bem, se non custando nada non custando ariscar. Notro dia vieron umas quinhentas pessoa tudo cantando e batendo palma, antes de entrar pelo porton dexavon contribuiçón numa cesta de paia escrivinhada descarego, descaregavon, dinhero, relógio, corentinha de oro, que cesta enchendo até a boca. Ficaron o dia intero cantando Aleluia pra cá, aleluia pra lá, shalom, glória. Quando deu hora do almoço se carcaron na roça, no pomar, no galinhero, no chiquero inté no tanque de carpa e comeron que nem mindingo. Quando acabando dia iéu preguntando se non von limpar sujera toda e Pastor foi dizendo que iéste que sendo o meu trabalho louvável e enton iéu preguntando quem pagando pelos produto que iéles comeron e Pastor dizendo que agora que os produto von se multiplicar, mais como? Pastor enton abrindo bíblia lendo palavra santa: Torbéus vinte dois vercico quatro: Começarás do Zero que todo dia se multiplicará. Desgracéra Mésmo!!!

Publicado na edição 1188 – 07/11/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*