Início / Colunas / Isidorio Duppa / Observatório social

Observatório social


Rapaziada no Iskapinski tudo alegre comemorando notiça que veio da cidade, dizendo que implantaron um tal de bisservarório social e que agora os político von ter que andar na linha proque von estar tudo sendo bisservado por gente importante, devogado, guarda-livro, medico, comerciante, pelas identidade de classe e até pelo padre e se pisarem na bola von parar na cadeia. Assunto me interessando e preguntando como que von arumar tanta cadeia pra ponhar os político? Enton me explicaron que iestas pessoa de bem von tudo fiscalizar o governo e ponhar processo na cabeça se os politico fizerem coisa erada e von pedir explicaçon na justicia. Iéu non entendendo muito destas coisa, mais pelo que iéu sabendo, iesta coisa de fiscalizaçon de governo, de pedir explicaçon, non sendo sirviço dos vereador? Rapaziada cairon na gargaiada, dizendo que os vereador só se interessando por coisa que interesson a ieles mesmo e se podendo ganhar um troco vindo de bom grado e ton tudo com as zoreia quente procausa do bisservatório. Enton von gastar furtuna pagando estas pessoa que von fazer sirviço de fiscalizaçón? Rapaziada dizendo que quem fiscalizando trabaiando de graça para o bem do municipo. Iéu non entendendo muito destas coisa e preguntando se os político sempre dizendo que ton trabaiando pro bem do municipo proque enton non trabaiando de graça como as pessoa de bem? Rapaziada se mijando de dar risada dizendo que iesta piada sendo boa mesmo, iéu preguntando se foi a piada dos político trabaiar de graça e rapaziada dizendo que sendo a otra, dos político trabaiar pro bem do municipo. Enton disseron ansim, que pra fazer as compra prefetura tem fazer uma tal de licitaçon que sendo mesma coisa que ponharon os empreitero da petrobrais na cadeia, que os político fazem acerto cós fornecedor e ganhar comissón, ansim pros exemplo, perfetura quer comprar batata pra fazer sopa nas escola, pede enton 50 saco mais o produtor só entrega 25, mais recebe o valor dos 50 saco, o valor dos 25 que non foron entregue o produtor recebe e passa pros político como comiçón e non tem que fiscalize iésto, os político ficon tudo em cima da carne seca, agora com iéste bissevatório social as pessoa von poder ezigir que iesto non aconteça mais proque von tudo estar de zoio e se continuar acontecendo von ponhar o político e o produtor na cadeia que nem ponharon os empreitero. Desgracéra Mésmo!!! Agora como que iéu vai cuntinuar vendendo batata pra prefetura? Se iéu cuntinuar vendendo este bisservatório podendo ponhar iéu na cadeia. Iéu fazendo de conta que indo mijar foi no oreión fazendo ligaçón pro atravessador que negociando com prefetura a compra das batata e dizendo que estando fora do negócio, que de agora em diante non vai mais dar comissón pros político pro causa do bisservatório social e se comprando 50 saco pagando pelos cinquenta e ponto final, atravessador dando risada dizendo que nem se incomodando proque se iestas pessoa ficarem enchendo saco os político von tudo fechar o negócio deles com as perseguiçon política, cortar os alvarar e que acabando non dando em nada. Iéu enton falando que agora ficando mais sucessado, iéu nem tendo alvarar pra cortar, mas mesmo ansim non vendendo mais pra prefetura proque só recebendo proque dando comissón e bisservatório fiscalizar iéu nem vai receber os 25 saco. Miór sendo 25 saco no Ceasa e pinhonze no bolso.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*