Início / Colunas / Isidorio Duppa / Passando no Raio X

Passando no Raio X


Iéu estando no éroporto donde indo pra fazer entrevista com uma tal de Marilia Gabriela, finalmente encontrando o tal do Porton de Embarque que moça da companhia de avion me falando, quando foi entrando home de preto estando com uma lanterninha na mon e pedindo o bilhete, Desgracéra Mésmo!!! Iéu nem sabendo que pra viajar de avion percisava antes jogar na loteria pra ter bilhete, mesmo ansim iéu falando que só jogando no bicho mesmo, jogando no Gato, iéu sendo esperto, proque na placa estando iscrivinhado GATE, que devendo ser Gato em ingréis, enton moço pediu passage mesmo, apontô lanterninha e mandando seguir em frente. Iéu entrando nun coredor que dando notra fila parecida com de banco, cheia de voltinha, quando se achegando minha véis moço dizendo que tendo que colocar sacola pra passar no Raio X e tirando tudo quanto é coisa dos bolso e ponhando numa bacia, iéu tirando cartera dos ducumento, lenço presidente com o dinhero amarado, pente flamengo, espelhinho redondo com símbolo do britânia, rolo de fumo, as paia dos paiero, as chave de casa, isquero de fluído, dois sabugo, punhado de moeda, o fexe de santinho que levando pra proteçon, um rosário e o livrinho da ladainha de Santa Edivige, só dexando mesmo o canivete de picá fumo. Sujeito enton mandando tirar chapéu de palha e passar num caxilho de porta com luizinha vermeia, nem bem passando iscuitando um apito. Sujeito enton mandando tirar a cinta e a butina. Iéu foi passar e de novo apito tocando, agora só faltando me mandarem tirar as calça e o pior que estando com cueca de tergal e podendo aparecer rastro da bunda. Passando de novo e de novo o apito, enton moça dizendo que percisando fazer revista, iéu enton falando que non tendo tempo pra dar entrevista pra revista proque indo pegar avion, enton sujeito morenon começando a passar a mon niéu. Iéu ficando ton nervoso que ponhando mon no bolso, abrindo canivete, apontando pro sujeito e falando que non se achegando perto que iéu non sendo destas coisa. Non deu nem tempo de falar mais coisa e já tava com cara chon e sujeito dando gravata. Depois de dar explicaçón pro segurança do eroporto que fucinho de tomada non sendo porco, finalmente me liberarón da salinha que me levaron e me entregaron a sacola, Desgracéra Mésmo!!! Me robaron quase que tudo de drento, só dexarón mesmo a broa, o xaxixon verméio e as duas muda de ropa, tiraron o litro de Trevisan, as garafa de cerveja de casa e nem me entregaron meu canivete. Iéu pensando em fazer denunça do roubo mas acabando desistindo proque tendo que denunciar pros mesmo que me robaron. Me dexaron numa fila pra entrar no avion, daí ieu continuando história na semana que vem.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*