Home / Colunas / Editorial / Pesquisa é Pesquisa

Pesquisa é Pesquisa

Na última sexta-feira, 26 de julho, O Popular amplificou em seu portal o resultado de uma pesquisa feita pelo Instituto Paraná Pesquisas a pedido da Rádio Cidade 670. O levantamento mediu o índice de satisfação da população local com a administração municipal e simulou alguns cenários eleitorais para o pleito de 2.020.

Embora não tenha sido contratada pelo O Popular, divulgamos seu resultado porque seu conteúdo é de interesse da comunidade local. Além disso, a sondagem foi realizada por um instituto nacionalmente respeitado. Os levantamentos feitos pelo Paraná Pesquisas são divulgados nos mais diversos veículos, como o jornal Gazeta do Povo e a revista Veja.

Obviamente, como toda boa pesquisa que envolve esse tipo de sondagem, o resultado sempre alimenta as mais diversas rodas de conversa. Em Araucária não poderia ser diferente. Muita gente se manifestou. Houve quem discordasse, houve quem concordasse, houve quem questionasse a metodologia e assim por diante, houve quem dissesse que não foi ouvido, houve quem dissesse que foi ouvido, houve quem reclamasse da quantidade de pessoas entrevistadas e tudo o mais.

Todas as reações, claro, são válidas, e precisam ser respeitadas. Porém, matérias como essa nunca são publicadas simplesmente para mostrar se gestor A ou B vai bem. Elas servem também para estimular os cidadãos a ter um olhar mais global sobre a cidade e, ainda, para que os citados possam se autoavaliar. Tanto os que estão bem “na fita” como aqueles que estão mal.

Por exemplo, se você avalia mal a administração e a pesquisa mostra o contrário, você tem três opções: tentar entender porque a opinião da maioria é diferente da sua. Se mantiver convicto e concluir que os errados são os outros. Ou fazer uso da opção mais preguiçosa, que é simplesmente achar que a pesquisa foi comprada ou algo assim.

Pense nisso e boa leitura!

Publicado na edição 1174 – 01/08/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*