Home / Notícias / Política / Pesquisa registrada: gestão municipal tem 80% de aprovação e Hissam alcança 64% de intenções de voto para prefeito. Veja outros números

Pesquisa registrada: gestão municipal tem 80% de aprovação e Hissam alcança 64% de intenções de voto para prefeito. Veja outros números


Faltando pouco menos de quatro meses para as eleições municipais de outubro o atual prefeito Hissam Hussein Dehaini (Cidadania) aparece como amplo favorito a seguir comandando a cidade de Araucária no quadriênio 2021/2024. É isso o que mostra uma pesquisa de intenções de voto contratada pelo O Popular junto ao IPP (Instituto Paranaense de Pesquisas). O levantamento também mostrou que a administração municipal tem mais de 80% de aprovação.

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 17 de junho, e mostram Hissam com 64,3% das intenções de voto, três vezes mais do que o segundo colocado, o ex-prefeito Albanor José Ferreira Gomes (Podemos), que aparece com 20,9%.

A pesquisa foi registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE) sob o nº PR-07163/2020 e tanto o questionário como o universo da amostragem podem ser consultados diretamente no site da Justiça Eleitoral do Estado (www.tre-pr.jus.br).

A pesquisa de intenção de voto para prefeito ouviu 1008 eleitores, das áreas rural e urbana da cidade e levou em conta o perfil do eleitorado do Município que consta na base de dados do Superior Tribunal Eleitoral (TSE). A coleta foi realizada entre os dias 11 e 14 de junho, tem margem de erro de 2,6% para mais ou para menos e nível de confiança de 95%.

Os entrevistados foram convidados a dizer sua intenção de voto para prefeito de duas maneiras. Primeiramente de maneira espontânea, em que os entrevistadores apenas perguntam em quem a pessoa pretende votar. Posteriormente, é apresentado ao eleitor uma série de opções de candidatos para que eles digam, dentre aqueles, em quem pretende votar. É a chamada pesquisa estimulada.

Espontânea

No cenário espontâneo, Hissam lidera com 44,2% das intenções, seguido de Zezé com 7,7%. Neste cenário os eleitores também citaram os nomes de Rizio Wachowicz, Gustavo Botogoski, Rosane Ferreira, Professor Brogian, Hino Dirlei, Olizandro Ferreira, Isac Fialla e Fabio Alceu. Todos estes, porém, não chegaram a alcançar 1% dos votos. Brancos e nulos foram 0,7% e os que não sabem ou não quiseram responder chegou a 44,3%.

Estimulada

Já na pesquisa estimulada foram apresentados aos eleitores oito opções de voto. Os nomes são daqueles que até o momento já manifestaram alguma intenção de ser candidato a prefeito nas eleições deste ano. Os resultados mostram Hissam com 64,3% dos votos. Zezé com 20,9%. Professor Brogian (PTC) com 0,9%, Gustavo Botogoski (PSL) com 0,8%. Isac Fialla (PROS) com 0,4%. Hino Dirlei (MDB) com 0,4%. Rivadal Padilha (PT) com 0,4%. Péricles (Avante) não obteve menções. Brancos e nulos somaram 5,8% e os que disseram não saber ou não responderam ao questionamento totalizou 6,3%.

Avaliação da gestão

O IPP também perguntou aos moradores de Araucária como eles avaliam, até o momento, as administrações municipal, estadual e federal.

Uma das perguntas foi se, de maneira geral, os entrevistados aprovavam ou desaprovavam a gestão que Hissam vem fazendo à frente da Prefeitura. O resultado mostra que 80,5% da população aprova. Os que desaprovam somam 13,8% e os que não souberam ou não quiseram responder ao quesito totalizaram 5,8%.

Os entrevistados também foram convidados a atribuir os conceitos ótimo, bom, regular ou péssimo aos governos de Hissam, Ratinho Junior (PSD) e Jair Bolsonaro (sem partido). A maioria dos eleitores araucarienses atribuiu conceito bom (45,1%) à gestão municipal. Mesma predominância de “bom” é atribuída administração estadual (53%). Com relação ao Governo Federal, o conceito “péssimo” foi o que mais apareceu, com 30,8%.

Texto: Waldiclei Barboza/ Infografia: Willian Barboza. Publicado originalmente na edição impressa nº 1017, de 18 de junho de 2016

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*