Home / Notícias / Geral / Polícia Civil de Araucária prende suspeito de ter matado jovem e baleado gravemente o irmão no Capela Velha

Polícia Civil de Araucária prende suspeito de ter matado jovem e baleado gravemente o irmão no Capela Velha


Foto: divulgação

Policiais da Delegacia de Araucária prenderam na manhã desta segunda-feira, 9 de setembro, Lucas Melo Cândido, vulgo “Bunda”, suspeito de ter matado Bruno Ricardo Carreiro, e de ter baleado o irmão de Bruno, o trabalhador Rafael Carreiro. O crime ocorreu no dia 10 de agosto deste ano e, segundo as investigações, “Bunda” e Rafael Fernando Ferreira Costa, foragido, estavam no veículo do pai de Rafael praticando direção perigosa na rua onde as crianças das vítimas brincavam.

Como a dupla não parava de “cavalinhos de pau” na rua, e após quase terem atropelado as crianças que brincavam no local, Bruno e seu irmão os advertiram e disseram que iriam chamar a polícia se os rapazes não parecem com o “racha”. Teve discussão no local, mas Bunda e Rafael foram embora.

Minutos depois, os dois retornaram armados e dispararam vários tiros contra as vítimas, na frente de seus filhos menores. Ao chegarem, os mesmos falaram para as vítimas: “agora vocês vão ver quem manda nessa vila”, abrindo fogo contra os irmãos Bruno e Rafael. Bruno foi atingido na cabeça e morreu na hora, Rafael levou quatro tiros, sendo um deles a dois centímetros do coração e, mesmo baleado, conseguiu fugir e foi hospitalizado em estado grave.

Investigações

O delegado Tiago Wladyka e sua equipe iniciaram as investigações, que culminaram na identificação de Lucas e Rafael como autores dos disparos. Sendo assim, o delegado solicitou a prisão preventiva da dupla.

No andamento das investigações, Rafael Fernando Ferreira Costa se apresentou na Delegacia de Araucária, junto com uma das armas do crime. Foi ouvido e liberado, pois não estava mais em situação de flagrante, e não tinha a prisão preventiva decretada.

Alguns dias depois, foi decretada a prisão da dupla de assassinos. Com o mandado de prisão e busca e apreensão em mãos, o delegado Wladyka e sua equipe de investigadores de Araucária, invadiram a residência de Lucas e o prenderam.

Segundo o delegado, “testemunhas relataram que a dupla estava praticando direção perigosa na via onde brincavam diversas crianças, dentre elas, os filhos das vítimas. Como todo pai, Bruno e seu irmão chamaram a atenção dos suspeitos. Indignados com o sermão, os dois foram até suas residências, se armaram e retornaram para matar Bruno e Rafael, ignorando a presença das crianças quando efetuaram os disparos”.

Lucas Melo Cândido será indiciado por homicídio qualificado consumado, em razão da morte de Bruno, e homicídio qualificado tentado, em razão da tentativa de homicídio contra o irmão de Bruno, permanecendo à disposição da justiça. Já Rafael Fernando Ferreira Costa está foragido e deve se apresentar nas próximas horas.

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*