Home / Notícias / Policial / Policial militar de Araucária evita tragédia em Contenda

Policial militar de Araucária evita tragédia em Contenda


Soldado Oliveira demonstrou coragem ao evitar um suicídio. Foto: divulgação

Em um ato de coragem e demonstrando muito preparo e determinação, o soldado da 2ª Companhia da Polícia Militar de Araucária, Anderson José de Oliveira, salvou a vida de um homem que tentou tirar a própria vida. A situação ocorreu na noite do último domingo, 6 de outubro, por volta das 21h42, na BR 476, cidade de Contenda. O policial conta que estava retornando da Capela Rio do Cacho, no interior daquele município, sentido Lapa, quando fez o contorno no trevo, e um pouco adiante, teve que desviar de algo grande no meio da pista. “Eu desviei e vi que parecia ser um calçado. Então parei rapidamente o carro no acostamento, corri e acendi a lanterna do celular, e percebi que era um homem, usando roupas escuras e capuz. Imediatamente comecei a sinalizar a via para desviar o trânsito”, relata.

Ainda de acordo com ele, além de a rodovia estar escura, chovia bastante, o que prejudicava a visibilidade. “Tentei ver se ele estava vivo, e então percebi que se negava a receber ajuda, queria que eu o deixasse ali, para ser atropelado, então decidi erguê-lo e carregá-lo para fora da pista. Nesse momento ele começou a se debater bastante para voltar e se jogar no asfalto novamente. Tive que contê-lo fora da pista enquanto ligava para a Companhia pedindo ajuda, então foi enviada uma viatura de Contenda, que prestou apoio e levou o rapaz. Ele estava muito transtornado, decepcionado com a família e amigos. Outro fato lamentável nessa situação foi ver que nenhum motorista que passava pela rodovia parou para ajudar. Muitos nem sequer desviavam, apenas uma mulher testemunhou toda a ocorrência, mas não se aproximou muito, certamente porque estava com medo da reação do homem”, relembra Oliveira.

A lição que fica neste tipo de ocorrência policial é a de que o soldado da PM de Araucária foi além do dever, e merece o devido reconhecimento por tamanha coragem.

Publicado na edição 1184 – 10/10/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*