Estações localizadas em empresas fazem a medição da qualidade do ar

 

Apesar de muitos desconhecerem, é possível ter acesso a medição da qualidade do ar que respiramos em Araucária, em tempo real. Isso porque desde o ano de 2014 o Instituto Ambiental do Paraná – IAP, que mantém quatro estações de monitoramento na cidade, emite relatórios diários no seu site, e essas informações são públicas.

Segundo o Instituto, os dados são atualizados de hora em hora. As estações, que funcionam em parceria com empresas locais, estão localizadas na CSN (Estação), Repar (Tindiquera), UEG (Costeira) e Assis (Fazenda Velha).

O IAP lembrou ainda que desde 2010 houve uma grande evolução no monitoramento da qualidade do ar em Araucária e demais municípios paranaenses. Até aquele ano, era feitos boletins e relatórios anuais. Em 2011 os relatórios eram mensais, em 2012 passaram a ser emitidos a cada 15 dias, em 2013, por área, levando em conta a medição do dia anterior, e somente em 2014 passaram a ser em tempo real, facilitando a fiscalização do órgão.

Ainda de acordo com o órgão, desde que o monitoramento iniciou, foram registradas pouquíssimas situações de emissão acima dos padrões permitidos pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente – Conama. “No geral a qualidade do ar em Araucária tem se mantido dentro dos limites. Mas quando alguma situação anormal é detectada, recebemos um alerta do sistema e, de acordo com o componente químico poluente, temos condições de saber de qual indústria procede e imediatamente nossos técnicos vão até o local e emitem a notificação. O fato de a medição ser online facilitou bastante esse serviço de fiscalização”, explicou o instituto.

Até 2015, o Instituto Lactec mantinha um convênio com o IAP e também fazia o monitoramento da qualidade do ar em Araucária, no entanto, o convênio foi suspenso e algumas estações, como a da Praça do Seminário, foram desativadas. Segundo o instituto, já estão sendo mantidas negociações para a retomada do serviço.

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente explicou que apenas acompanha os relatórios emitidos pelo IAP e que até a gestão passada, a Prefeitura mantinha uma estação na Praça do Seminário, em convênio com o Lactec, mas o acordo foi suspenso. “O convênio foi cancelado em 2013. Apesar de um pedido do Conselho Municipal do Meio Ambiente para mantê-lo, o prefeito ignorou e cancelou o convênio”, explicou a secretaria.

Serviço

Para acompanhar a medição da qualidade do ar em Araucária, acesse: http://www.iap.pr.gov.br/, clique na aba “monitoramento ambiental” na parte superior, depois na aba “Ar” da lateral da página, e em seguida no link “IQAr – Qualidade do Ar em Tempo Real”.

Foto: MARCO CHARNESKI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.