Início / Notícias / Política / Prefeitura e Câmara de Vereadores param na semana que vem e voltam só em 2015

Prefeitura e Câmara de Vereadores param na semana que vem e voltam só em 2015


Os moradores que precisarem resolver algum problema junto à Prefeitura e à Câmara de Vereadores precisam se organizar para fazê-lo ainda esta semana. Do contrário, só no ano que vem. Isso porque tanto o chefe do Poder Executivo quanto do Poder Legislativo decretaram recesso administrativo nesses órgãos no período compreendido entre 22 e 31 de dezembro. Com isso, o expediente nesses órgãos só volta ao normal no dia 2 de janeiro de 2015, uma sexta-feira.

Com a decretação do recesso, na Prefeitura só funcionarão aqueles serviços considerados emergenciais e que, por sua natureza, não podem ser interrompidos. É o caso, por exemplo, do pessoal de campo da Guarda Municipal e também dos agentes de segurança, que ficam nos prédios públicos. Do mesmo modo, na área de Saúde, as unidades 24 horas do NIS, UPA e PAI atendem normalmente. Em contrapartida, o expediente nos postos de saúde e creches fica interrompido neste período.

Não são férias

Ao contrário de muitas empresas particulares, que fecham as portas no final de ano, mas – em compensação – colocam seus servidores em férias coletivas, não é isso o que acontece na Prefeitura e na Câmara. Esses dias parados não serão descontados daqueles trinta dias anuais de descanso à que todo trabalhador brasileiro tem direito.

Poder Judiciário

Quem também entra em recesso agora no final de ano é o Poder Judiciário do Paraná. Com isso, não haverá expediente no Fórum de Araucária entre 20 de dezembro a 6 de janeiro. Neste período, o acesso à Justiça é feito por meio do plantão judiciário. Assim como no caso dos funcionários da Prefeitura e da Câmara, esses dias parados também não são descontados das férias dos funcionários do órgão.

Dia 19

Nos últimos dias, ouviu-se falar muito sobre o tal feriado de Emancipação Política do Paraná, celebrado no dia 19 de dezembro, próxima sexta-feira. Em Araucária, haverá expediente normal nessa data tanto na Prefeitura quanto na Câmara. Nos órgãos do Governo do Estado e no Poder Judiciário, porém, o dia é considerado como ponto facultativo. Logo, não haverá atendimento ao público.

Texto: Waldiclei Barboza

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*