Non séi proqué véio nas idéia a lembrança do Chico do Paiéro, uns quatro ano fazéndo que iéu non si encontrando com iéle, última véis fói quando fizémo negócio numa debuiadora de milho, iéu ficando dia intéro se alembrando do Chico, home bom, honesto, o será que anda fazéndo da vida? Iscuitô palma no porton e iéra Filomena, parénte do Chico trazendo notiça qui Chico do Paiéro moréu. Iéu ficando congelado, justo hoje que se alembrando do Chico iéle moréu? Fói drumir pensando ir no entéro nótro dia, quando começando sonho estranho, uma chuvarada estando lá pras banda da Faxina, trovon de balançar palanque, riberon subindo, uns raio derubando os calipito, Filomena coréndo no pasto pra salvar as vaca e um raio caindo na cabéça dela que fumegando iéla na hora, iéla ficando torada que ném carvon. Iéu acordando assustado e nem mais podendo drumir, tanto que si alevantando e se arumando pra ir no velório do Chico do paiéro. Quando se achegando me contaron que Filomena fói guardar vaca procausa da chuva e raio fumegô a muiér que moréu na hora, que nem carvon estando que até caxon fói lacrado. Iéu ficando branco, sangue esfriando que inté os pé ficaron roxo, como póde? Iéu falando com iela onte e hóje iéla ta fazéndo companhia pro Chico do paiéro na téra dos morto? De tanto susto que levando, ném bem rezô térço pro Chico e foi voltando pra casa pensando que anda acontecéndo com iéu? Iéu pensa nas pessoa, sonha e as pessoa móre? Na volta déu trupicon numa pedra e acabando rolando pra valeta desmaiado e ali passando nóite de sono perdida, drumindo umas duas hora, umas image viéron na cabéça, um desses caminhon Fenemé caregado de areia vindo a toda pelo asfalto e um fusca chéio de génte fói atravessar rodovia, iéu gritando pra iéles, mais iéles non iscuitando, iéu beráva, pulava e iéles fóron atravessando, caminhon se achegando, si achegando, iéu vendo pirigo gritando e iéles non vion, de repente, acordô tudo suado, pingando, Graças a Déus non viu acidente. Quando iéu se achega na béra do asfalto, viu o mésmo fusca parado e um monton de génte vumitando, tudo atordoado, méio zonzo, iéu preguntô qui aconteceu? o motorista tremendo falando que quase que iéle morem tudo, por póco caminhon de areia non passa por cima, que iéle quando ovindo uma vóis freiô e caminhon tirô fininha. Nótro dia fói falar com padre pra contar o que anda acontecendo com iéu e padre falando que iésto é tudo bestéra, que iéstas premuniçon non ixistem, que sendo cóisa da cabéça, dos demônho. Cuntinuô falando com padre e de repente iéle saiéu loco, corendo e desesperado, mergulhando na pia de batismo, ficando rezando e suando frio, só proqué iéu falando que na nóite passada iéu tinha sonhado com iéle. Desgracéra Mésmo!!!!

Publicado na edição 1123 – 26/07/18