Durante 2019, o Procon Araucária realizou um total de 5.307 atendimentos aos moradores locais. Desses, 2.730 foram atendimentos presenciais, 897 atendimentos telefônicos e 1.680 atendimentos via portal consumidor.gov.br . Na liderança das reclamações em Araucária no ano passado esteve as empresas de telefonia celular. Na sequência, empresas bancárias, varejo, água e esgoto e serviços essenciais (telefone fixo, internet…).

Inaugurado em 2017, unidade de Araucária funciona sob gestão da Prefeitura e visa aproximar consumidores e fornecedores para encontrar a solução de impasses, prioritariamente, por meio de conciliação.

Fatura errada, atraso na entrega de produto, serviço não prestado e cobrança indevida são alguns dos problemas comuns sofridos pelos consumidores. O questionamento via Procon vale para produtos e serviços adquiridos em qualquer parte do país, inclusive, de empresas como a Copel, a Sanepar, telefonias e bancos em geral.

CONCILIAÇÃO

A audiência de conciliação visa chegar a um acordo bom para as partes envolvidas. O Procon Araucária vem para garantir proteção, orientação, defesa e educação (instrução) do consumidor, por meio de ações articuladas com outros órgãos, visando a defesa dos seus direitos. O Código de Defesa do Consumidor (lei federal nº 8.078) foi instituído em 1990.

O Procon de Araucária fica no km 22 da Rodovia do Xisto, nº 5815, na mesma estrutura da Secretaria de Trabalho e Emprego/Sine. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 14 horas (não fecha para o almoço). Mais informações: 0800-643-2834.

Texto: assessoria