Início / Notícias / Sem categoria / Programas pretendem mudar a realidade do campo

Programas pretendem mudar a realidade do campo


Agricultores serão como agentes ambientais, agindo na preservação das suas
Propriedades

A implantação de um programa de proteção à mata ciliar existente em Araucária está entre as prioridades da Secretaria Municipal do Meio Ambiente. A iniciativa visa promover a recuperação dos córregos, tanto da área urbana como da rural. “Com essa atitude, preservaríamos as três bacias que cortam o município, a do Iguaçu, Passaúna e Barigüi”, comentou o secretário da pasta, Hino Dirlei Falat Pereira de Souza.

Ele salienta que o município possui cerca de 29 microbacias somente no quadro urbano, e estas, por sua vez, são abastecidas por cerca de 300 nascentes. Hoje temos muitos problemas de ocupações irregulares, que estão danificando a mata ciliar e queremos acabar com isso”, disse.

O programa de preservação vai mais além, com a implantação de um corredor verde na zona rural, para garantir que a legislação federal seja cumprida. “Hoje a determinação de respeitar os 30 metros de várzea não vem sendo seguida, o que está provocando a degradação ambiental. Este trabalho será de parceria, pois as propriedades terão que estar ambientalmente corretas para poder usufruir dos programas da Secretaria de Agricultura, como a distribuição de sementes, calcá­reo e outros”.

Outra iniciativa visando a preservação ambiental seria a implantação do Caminho das Araucárias, programa que iria preservar a biodiversidade da Bacia do Iguaçu. “Este projeto abrangeria desde a localidade de Onças, na divisa com Mandirituba, até Rio Verde, que faz divisa com Campo Largo. Neste local já existe um corredor natural, mas faríamos um trabalho junto aos agricultores, visando priorizar as reservas ecológicas. Vamos buscar recursos junto aos governos federal e estadual para que possamos desenvolver um trabalho de educação ambiental”, pontuou o secretário.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*