Início / Colunas / Isidorio Duppa / Que Brasil se querendo pro futuro 2

Que Brasil se querendo pro futuro 2


Iéu aproveitando que sobrinho Bronislau estando com cebular que falando nos dedo e disposto a fazer filminho pra iéu mandar pro canal de telivisón, que resolveu fazer mais um filminho dizendo que Brasil se Querendo pro futuro, desta véis fumo lá na barage do Passauna pra fazer gravacón e neste novo filminho iéu foi falando que Brasil Iéu querendo pro Futuro e começando ansim: Meu nome sendo Isidório Duppa, falando da Barage em Son Miguél e Querendo pro futuro um Brasil cheio de Corupto. Iéu explicando: Já que estando na barage do Passaúna se alembrando da história que indo pescar na barage e levando duas broa pro almoço, numas altura o bote batendo num gaio de árve inundado e furando entrando água e afundando, por sorte agarando as broa pra boiar e acabando de salvando. Mais a história dos corupto sendo outra, sendo daquela véis que Bronislau me convidando pra pescar na bera do mar, sendo a segunda véis que iéu indo pra praia, a primera sendo aquela da praia de matinhos que iéu contando na musca e desta véis sendo com ieste molinete, que nem sabendo usar dereito. Quando se acheguemo na praia de Leste, Bronislau saiéu com um cano furando areia, iéu preguntando se querendo cavar poço e Bronislau dizendo que a melhor isca para pescar na bera da praia é um bicho que fica enterado na areia e que se chamando de Corupto. No começo iéu inté achando estranho que o nome do bicho sendo corupto, mas don cada nome hoje em dia pros animal que iéu ficando vendo a empreitada do Bronislau. Fiquemo mais de duas hora fazendo buraco na areia e non encontremo nenhun dos corupto, enton iéu foi dizendo que non achemo corupto porque sendo mês de janero os corupto devendo estar tudo de férias nas praia do estrangero. Enton Bronislau pedindo que iéu indo comprar camarón pra servir de isca. Desgracéra Mésmo!!! Foi no bote do pescador e gastando quase 20 real de camarón e o pior, tudo morto. Bronislau armando as vara foi me ensinando com que se pescando com os molinete, jogando os camaron nas onda. No começo iéu enrolando umas tréis véis a linha mais despois pegando o jeito, sabe, interessante, dando pra fazer duas coisa a mesmo tempo, ficar pescando e pulando onda. Fiquemo dia intero jogando camaron fora e no final do dia acabemo só pegando 2 baianus. Sabe iste pexe que sendo venenoso, que non servindo pra nada e que quando saiendo da água estufa um barigón, se chamando Baianus, bem iéle tendo outro nome, mas como non se podendo falar palavrón no jornal proque tendo criança lendo, iéu chamando iéle de baia-anus. Pro iesto que iéu afirmando que querendo um Brasil cheio dos corupto, proque se nóis achasse iéste corupto enterado na areia pescaria sendo das boa, com Traira e Bagre, bem, iestes pexe que os curupto vivem sendo igualzinho a iéles. .

 

Publicado na edição 1103 – 08/03/2018

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*