Início / Notícias / Geral / Shopping em Araucária aguarda aprovação

Shopping em Araucária aguarda aprovação


Projeto aguarda aprovação do Corpo de Bombeiros e alteração de Lei municipal

Projeto aguarda aprovação do Corpo de Bombeiros e alteração de Lei municipal

O tão esperado shopping em Araucária, que deve ser construído no centro da cidade, na Av. Manoel Ribas esquina com a Rua Lourenço Jasiocha, parece ser uma realidade para um futuro distante. Isto porque o projeto ainda está aguardando aprovação de órgãos públicos.

De acordo com um dos enge­nheiros responsáveis, Tiago Pastre, uma das principais pendências do projeto é a alteração da Lei Municipal nº 2.434/2012, que trata de permuta entre uma área pertencente ao Município com imóveis de propriedade da AMF Urbanismo Ltda. “O Cartório de Registro de Imóveis de Araucária não aceitou a permuta simples entre lotes de tamanhos diferentes. A Lei precisa ser corrigida para que seja assinada uma nova escritura pública de permuta com doação, sendo que a nossa empresa, a AMF, irá doar parte do seu terreno a Prefeitura para passagem da rua Lourenço Jasiocha. Tal rua já foi inclusive executada, mas está com seu documento ainda pendente de regularização”, explicou.

Outra pendência para a aprovação do projeto é perante o Corpo de Bombeiros. Segundo o engenheiro, a equipe está desenvolvendo um projeto que já passou por análise prévia da corporação. “Agora, acreditamos que a segunda versão irá atender aos requisitos e quem sabe poderemos obter o parecer favorável”, afirmou.

No projeto que está em processo de aprovação há aproximadamente 17.000m² de ABL (Área Bruta Locável). Para se ter ideia do tamanho, podemos comparar ao Shopping Jardim das Américas, que tem 18.000m² de ABL. Quanto à verba que deve ser investida, o engenheiro assegura que o orçamento ainda não foi fechado, portanto é prematuro afirmar o custo total do investimento.

Tiago Pastre comentou sobre as lojas âncoras e as satélites. “Já temos algumas lojas âncoras, ou seja, as grandes redes, negociadas. Assim que tivermos o alvará de construção e um cenário macroeconômico mais favorável iniciaremos as obras e a comercialização de lojas satélites”, contou. A previsão é que o shopping tenha 150 lojas, praça de alimentação, farmácia, supermercado, banco e salas de cinema, o que deve gerar mais de 800 empregos diretos. No projeto ainda estão previstas mais de 600 vagas de estacionamento em uma área de 45 mil metros quadrados, sendo que, destes, 38 mil metros quadrados serão de área construída e o restante será destinado à preservação.

Mas, pelo jeito os araucarienses terão que esperar um bom tempo para aproveitarem o tão sonhado shopping na cidade. Pois, conforme Tiago, como não existe um prazo exato para obtenção do documento e da melhora do cenário, não há como prever uma data de começo das obras nem de inauguração do shopping.
MAPA
Texto: Rafaela Carvalho / IMAGENS: REPRODUÇÃO

4 comments

  1. Se o projeto fosse para aumentar o número de vereadores iria sair logo logo.. .

    coitados de nós araucarienses

  2. O nome da rua que aparece na imagem não é Fernando Suckow é Suzana Suckow, devido a isso pensei que a Archelau tinha sumido do mapa.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*