Início / Colunas / SMED / SMED oferece atendimento especializado na área de Transtorno do Espectro do Autismo

SMED oferece atendimento especializado na área de Transtorno do Espectro do Autismo


Neste sábado (2 de Abril) é celebrado o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. A data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para alertar a população sobre a complexidade do assunto.

Em Araucária, a Secretaria Municipal de Educação mantém com recursos próprios do município o Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado – Transtornos Globais do Desenvolvimento (CMAEE-TGD), que realiza o atendimento de 24 crianças e estudantes na área de Transtornos de Conduta e 71 na área de Transtorno do Espectro do Autismo.

O atendimento ocorre em turno contrário ao que estudante está matriculado na Educação Infantil ou Ensino Fundamental. O Centro tem natureza pedagógica e complementa o processo de escolarização de crianças e estudantes por meio da disponibilização de serviços, recursos de acessibilidade e estratégias que eliminam as barreiras para a plena participação na sociedade e desenvolvimento da aprendizagem. Assim, proporciona experiências que ampliam as possibilidades de autonomia e de acesso ao currículo.

O trabalho pedagógico se dá por meio do plano de atendimento educacional especializado, que é individualizado. Para tanto, são realizados estudos de caso com todos os profissionais envolvidos no processo de escolarização de cada criança e estudante. Além do CMAEE-TGD, os Centros Municipais Joelma Do Rocio Túlio e Padre José Anusz realizam atendimentos a estudantes com Transtorno do Espectro Autismo.

Capacitação para o Mercado de Trabalho

A Secretaria Municipal de Educação também oferece aos estudantes, por meio do Serviço Educacional de Apoio à Inclusão no Trabalho (SEAIT), a oportunidade de serem capacitados para o mercado de trabalho. São oferecidos cursos e vagas de empregos aos estudantes. Atualmente, quatro estudantes com autismo participam das ações do SEAIT, sendo que um já está trabalhando, um fazendo curso de mecânica básica e outros dois estão sendo encaminhados para programas de aprendizagem profissional.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*