Início / Colunas / Editorial / Só para quem quer trabalhar

Só para quem quer trabalhar


Dia desses alguém postou numa rede social uma simpatia para ganhar dinheiro. Dizia: “Acorde cedo, tome banho e… Vá trabalhar!” Tudo bem, mas o que fazer quando se quer trabalhar e não existe emprego? A reportagem da página seis desta edição mostra uma boa alternativa. Nossas leis trabalhistas garantem o direito dos trabalhadores, mas, por outro lado, trazem também uma grande carga de custos para os empregadores o que, por vezes, inviabiliza novas contratações.

A reportagem mostra uma parceria entre uma fábrica local de lápis e associações de moradores onde as pessoas interessadas, mesmo sem nenhuma qualificação específica, podem realizar um trabalho de montar caixas de lápis em casa. É interessante porque qualquer pessoa com disposição pode executar o trabalho. Dá uma boa opção para geração de renda e ainda deve reduzir os custos de produção da empresa. Ainda que possa aparecer algum sindicalista bradando que esta é uma forma da empresa driblar a lei e explorar pessoas que já estão com dificuldade de encontrar emprego, também pode ser visto com uma chance a quem não tinha.

Da mesma forma, deve existir muitas outras possibilidades de parcerias como esta em mais empresas. O que é preciso é que estas entidades representativas fiquem atentas às oportunidades e trabalhem na sensibilização de seus integrantes sobre se qualificar, sobre produtividade. Muita gente reclama da falta de oportunidades, mas a apatia é algo crônico em nossa cidade. Vejam que, de todas as entidades associadas à Unamar, apenas duas responderam ao convite. Só reclamar não adianta. O negócio é ir à luta. Pense nisso e boa leitura.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*