Em um ato heroico, dois soldados da 2ª Cia da Polícia Militar de Araucária evitaram um possível suicídio na madrugada de quarta-feira, 26 de fevereiro, em uma residência localizada na rua Sônia Budziak, bairro Capela Velha. A PM foi acionada pela mãe da jovem, e esta relatava que a filha estava ameaçando atear fogo na casa e tirar a própria vida. Rapidamente uma equipe atendeu ao chamado e, já no local, sem hesitar, arrombou a porta da casa que, além de trancada, estava com um móvel impedindo a entrada. No interior os PMs encontraram a jovem de joelhos, com um cabo de energia enrolado no pescoço.

“Quando chegamos a moça já estava sem respirar, com os lábios e o rosto arroxeados, então rapidamente conseguimos segurar ela para aliviar a pressão do cabo e cortamos o fio de luz. Aplicamos os primeiros socorros, com procedimentos de ventilação, e graças a Deus ela voltou a respirar. Foram momentos de muita tensão. Mais angustiantes ainda porque a mãe da jovem acompanhava tudo, e estava em desespero. Não dá para explicar com palavras a sensação de alívio e alegria que eu e meu parceiro sentimos ao ver que salvamos uma vida. Agimos rápido e isso foi crucial”, disse o soldado Rafael Demochoski.

O parceiro Lucas Veiga se emociona quando lembra os momentos de aflição que viveram naqueles poucos minutos que antecederam o salvamento daquela mulher, que tentava tirar a própria vida. “Graças a Deus conseguimos chegar a tempo, mais alguns segundos e ela poderia ter morrido. Por mais que seja uma situação que a gente nunca deseja que aconteça, temos que estar prontos para isso”, comentou o policial.

Após salvar a vida da jovem, os soldados acionaram o Samu, que a encaminhou para atendimento médico na UPA e posterior acompanhamento assistencial.

Foto: divulgação