Home / Colunas / Editorial / Solidariedade

Solidariedade


Semanalmente as páginas de O Popular são tomadas por matérias dando ampla publicidade a ações de solidariedade promovidas por instituições, grupos de amigos e até desconhecidos em prol de terceiros.

Embora essas ações sempre tenham tido espaço em nossas páginas, a crise provocada pelo novo coronavírus tornou mais urgente e mais necessária a publicização dessas ações.

A crise social que anda a reboque da crise de saúde do Covid-19 exige de cada um de nós a prática da empatia. Ser solidário em tempos tão difíceis como os atuais deixou de ser uma qualidade e se tornou quase uma obrigação. Isto, claro, para aqueles que entendem que “ser humano” não é apenas uma condição genética.

Em Araucária mesmo, o que temos visto são ações e mais ações, algumas um pouco maiores, outras nem tanto, de pessoais e/ou grupos delas, buscando minimizar as dificuldades financeiras trazidas pelo novos coronavírus. Dificuldades essas que duram e durarão muito mais do que a pandemia propriamente dita e/ou o ciclo dela dentro do corpo humano para aqueles que acabarem sendo vítimas da doença.

E nessa verdadeira batalha que a nossa sociedade trava contra todas as consequências dessa pandemia é sim importante, além de fazermos, tentar sensibilizarmos quem está a nosso redor a aderir a ações sociais. É preciso conversar com a família, com os amigos, com os vizinhos e contar o que você está fazendo para ajudar ao próximo.

Não estamos aqui falando em “ostentar a solidariedade” e/ou querer “se aparecer” e sim dar exemplo, mostrar que todos nós podemos fazer um pouco pelo outro. Se você não pode doar uma tonelada de cestas básicas, doe uma que seja. Se você não pode centenas e centenas de caixas de leite, doe uma que seja e assim por diante.

Aproveite este momento para exercitar a sua capacidade de “ser humano” e a não apenas um conjunto de pares de cromossomos. Fiquem todos bem e boa leitura!

Publicado na edição 1212 – 14/05/2020

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*