Home / Notícias / Geral / Trevo de acesso no Campo Redondo pode estar longe de acontecer

Trevo de acesso no Campo Redondo pode estar longe de acontecer


Se os moradores da região do Campo Redondo já estavam cansados de esperar pela construção de um trevo, rotatória ou trincheira no km 160 da Rodovia do Xisto BR 476, onde fica o acesso à área rural, agora a situação tende a ficar mais tensa. A Concessionária Caminhos do Paraná, que administra o trecho, alegou que não há previsão para a realização desta obra.

Argumentou ainda que a responsabilidade pela regularização de acessos públicos é do Poder Público, conforme a classificação da via, que faz junção com a rodovia federal, sendo ruas e demais vias municipais responsabilidade das respectivas prefeituras. E completou, afirmando que o acesso em questão não é regular, e deve ser objeto de regularização. Tudo isso após os moradores da localidade terem realizado um ato pacífico, no sábado, 14 de março.

Ao que parece, os moradores ainda terão que pressionar mais um pouco, na tentativa de que alguma intervenção seja feita na via.

O vereador Fábio Alceu, que acompanha a luta enfrentada pelos moradores desde o início, disse que a justificativa da concessionária é um descaso, prova que os moradores estão abandonados, enfrentando situações de insegurança diariamente. “Isso demonstra o desrespeito que eles têm com os moradores, pois sempre que questionada, a empresa dá uma resposta diferente. E agora dizem que o trecho é irregular, sendo que em outras ocasiões já alegaram que projetos estariam sendo elaborados a respeito da construção de uma trincheira, duplicação e outras intervenções no local. Sempre uma desculpa diferente, porque na verdade eles não querem resolver o problema”, denunciou o vereador.

Texto: Maurenn Bernardo

Foto: Everson Santos

Publicado na edição 1204 – 19/03/2020

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*