Home / Notícias / Geral / Trevo no acesso a Campo Redondo pode se tornar real

Trevo no acesso a Campo Redondo pode se tornar real

Reunião na Secretaria Estadual de Infraestrutura define próximas ações. Foto:divulgação

A necessidade da construção de um trevo, rotatória ou trincheira no km 160 da Rodovia do Xisto BR 476, onde fica o acesso a área rural de Campo Redondo, pode estar mais perto de acontecer do que se imagina. O pedido dos moradores, que têm como mediador junto aos órgãos competentes o vereador Fábio Alceu, é bem antigo e justifica-se pelo risco que os motoristas correm ao atravessar a rodovia. “Esta é uma importante intervenção viária que poderá melhorar as condições de mobilidade, atendendo a antigas reivindicações de moradores e motoristas que acessam a comunidade do Campo Redondo e outras localidades, e que sofrem com a falta de segurança no local”, explicou o vereador.

A possibilidade de que a intervenção na via possa ser concretizada foi anunciada no último dia 16 de setembro, durante uma reunião com o secretário de Infraestrutura do Estado Sandro Alex, onde estiveram presentes o vereador Fabio e seu assessor, a diretora geral da Secretaria Municipal de Governo Rafaela Carvalho, e os representantes da concessionária Caminhos do Paraná, Paulo Nunes e Márcio Martins. Na ocasião, o vereador novamente cobrou uma solução para o problema. Segundo ele, ao contrário das várias tentativas de conversas anteriores, que até então não tinham dado em nada, dessa vez o encontro foi bem mais produtivo.

“Pelo menos saímos de lá com o compromisso assumido pela Caminhos do Paraná, concessionária que administra o trecho, de elaborar um projeto, de acordo com o que for mais viável para construção naquele acesso – rotatória, trevo alemão ou trincheira. Este projeto será apresentado ao governo do estado e, se for aprovado, serão pleiteados recursos para execução da obra junto ao próprio governo estadual ou mesmo junto à Prefeitura de Araucária”, esclareceu Fabio.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1182 – 26/09/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*